VALOR: Venture capital busca aquisições no agronegócio

10/04/2018

Matéria do jornal Valor Econômico fala sobre o crescimento dos investimentos no agronegócio e cita os Fundos Criatec e INSEED FIMA.

(FOTO: Arquivo Inseed)

Matéria do Valor Econômico avalia como as startups do agronegócio brasileiro, conhecidas como agritechs ou agtechs, estão entrando de forma mais contundente no radar dos fundos de Venture Capital, a partir de soluções que incluem sistema de gestão para fazendas, monitoramento de lavouras e controle de pragas.

De todas as oportunidades de investimento avaliadas pela Inseed Investimentos nos últimos dez anos, em torno de 15% correspondem a startups do agronegócio. E 9 empresas do setor já fizeram ou fazem parte da carteira da gestora. “Há muito espaço na cadeia produtiva do setor para tecnologias voltadas a ganho de eficiência e produtividade”, observou Gustavo Junqueira, diretor da Inseed.

A matéria também citou o recente investimento de R$1 milhão da Monsanto na Tbit (integrante da carteira do Fundo INSEED FIMA desde 2014) por meio do Fundo BR Startups.

LEIA AQUI A MATÉRIA COMPLETA