SVA Tech é investida pelo Criatec 3

13/09/2017

Em ritmo acelerado, o Fundo Criatec 3, gerido pela INSEED Investimentos, anuncia a  quarta investida do ano.

Roberto Fernandino, CEO da investida, na sede da empresa, em Belo Horizonte (MG)

O comunicado foi feito em uma coletiva de imprensa, realizada na sede do BDMG – um dos investidores do Fundo – localizada na região Centro-Sul de Belo Horizonte.  Para Pedro Drummond, Head de Investimentos da INSEED, a SVA Tech foi escolhida devido a seu diferencial tecnológico, oferta de valor e bom ritmo de crescimento do setor que a empresa atua, o de segurança eletrônica.

Da esq. para dir.: Paulo Tomazela (General Partner da Inseed); Pedro Drummond (Head de investimentos da Inseed); Aleksander Rocha (Diretor de Plenajeamento, Gestão e Finanças da Fapemig); Roberto Fernandino (SVA); e Larissa Wolochate (Gerente de Operações Estruturadas do BDMG)

Especializada no desenvolvimento de soluções inteligentes de vídeo analítico, a SVA desenvolveu um sistema que utiliza visão computacional, inteligência artificial e machine learning para analisar imagens de um circuito interno de TV e identificar potenciais eventos de risco, como furtos e invasões, em tempo real, permitindo que o usuário aja de forma preventiva frente a potenciais perdas e danos. Nascida em 2015, a empresa possui entre os fundadores empreendedores que lideraram operações com faturamento superior a R$ 50 milhões no segmento de segurança eletrônica.

Além de BDMG e FAPEMIG, investidores mineiros, e do BNDES, fundador e maior cotista, o Fundo Criatec 3 ainda conta com mais oito investidores entre bancos, agências de fomento e instituições privadas. Com mais R$200 milhões a serem investidos, são procuradas pelo fundo empresas nacionais em fase inicial, que desenvolvam tecnologias com alta barreira de entrada, ou seja, de difícil reprodução por outros players.