Fundo Criatec 3 investe na Decision 6 e na Device Lab

11/09/2017

Juntas as empresas cariocas vão receber R$4,5 milhões.

Leandro Ginane, CEO da Device Lab.

O Fundo Criatec 3, criado pelo BNDES e gerido pela INSEED, anuncia investimento em duas empresas cariocas: Decision 6 e Device Lab. A Decision 6 oferece solução de inteligência baseada em fluxo de pessoas. Segundo o General Partner da INSEED, Alexandre Alves, a ferramenta da empresa combina duas fontes de dados. “A primeira é o fluxo de pessoas interno e externo coletado através de sensor wi-fi, que capta quanto tempo possíveis consumidores ficaram no entorno das lojas e quantas vezes retornam. A outra fonte é o ERP dos lojistas, que coleta dados de vendas e tickets emitidos. Assim, é possível cruzar as informações de vendas com as de fluxo e calcular taxas de conversão de vendas, tickets médios, vendas por m², entre outros”. Entre os clientes da empresa estão marcas conhecidas como O Boticário, Shoulder, The Body Shop e Grupo Arezzo.

Sobre a DeviceLab, a empresa foi escolhida por ser pioneira na avaliação de aplicações e interfaces digitais em diferentes devices e ambientes online. Contando com clientes como Globosat, M4U(do Grupo Cielo) e UBook.

O principal produto da companhia é o Blink, plataforma em nuvem que acessa e executa scripts de testes em celulares  de forma automatizada. “O recurso integra tecnologias, simplificando e reduzindo custos e tempo de execução de testes de aplicativos. Controlado remotamente, ele usa centenas de aparelhos reais e pode ser operado por funcionários sem conhecimento em programação”, explica Alexandre Alves.

Lançado em 2016, o Fundo Criatec 3 já soma três investimentos. Em abril deste ano, a gaúcha Chip Inside, especialista em monitoramento de bovinos, foi anunciada como a primeira empresa a integrar a carteira de investidas do Fundo, que ainda dispõe de mais de R$200 milhões para investir em empresas early stage de base tecnológica. 

Os investimentos foram tema de matéria do Portal Exame. Leia aqui.